O campo é delas: inovação e liderança no agronegócio

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

Liderar equipes, estar à frente dos negócios e gerir pessoas com criatividade e inovação são funções frequentemente desempenhadas, de forma brilhante, por mulheres no agro. São esses resultados que nos mostram, cada vez mais, que o agro é sim um negócio de mulher. E é por isso que vamos falar sobre inovação e liderança feminina no agro, na próxima palestra do Agromulher Voice

Líderes da casa, da família, de nós mesmas e também no trabalho. Mulheres que não param. Mulheres que buscam na inovação novas formas de fazer bem aquilo que nascemos pra fazer. Mas volta e meia surge aquela dúvida: como podemos utilizar estratégias inovadoras como ferramentas para o desempenho do papel de líder? Como posso exercitar minha criatividade para desenvolver ideias que motivem a equipe e gerem bons resultados para a empresa?

Muitas são as dúvidas e, aos poucos, as respostas vão surgindo. Você quer entender um pouco mais sobre como caminhar lado a lado com a inovação pode contribuir com o desempenho de papéis de liderança no agro? Continue sua leitura porque temos uma indicação muito legal para você!

Mulher: líder por natureza

Nós sabemos que, além da motivação e capacitação, o desempenho de qualquer equipe está diretamente ligado à postura de sua líder. Uma líder motivada, que está aberta a ouvir as sugestões, ideias e críticas da equipe, que supera as dificuldades, sabe direcionar os trabalhos e incentiva a equipe toda a caminhar junto faz toda a diferença dentro de uma organização.

Outro ponto muito importante quando falamos em aspectos de liderança é a capacidade de se colocar no lugar do outro, que é algo extremamente desejado e útil em um líder. Um bom líder deve ter empatia e uma busca contínua pela evolução própria e melhoria como gestor.

As mulheres do agro, também enquanto líderes, esbanjam coragem e força. Elas demonstram grande habilidade e potencial de fazer as coisas acontecerem de forma a promover resultados positivos para a equipe e a empresa onde atuam. Além da capacitação técnica, as agromulheres colocam sua determinação, amor e sensibilidade em cada ação e em cada tomada de decisão dentro ou fora da porteira, fazendo grande diferença enquanto líderes de seus negócios e equipes.

Além disso, o perfil de gestão também é característica de muitas mulheres e a busca incessante por capacitação, autoconhecimento e aprimoramento das habilidades faz com que as mulheres ocupem posição de destaque e sejam referência pessoal e profissional.

Características como afetividade, cuidado, solidariedade, transparência e sinceridade configura-se um importante diferencial para quem ocupa uma posição de liderança independente da área de atuação.

Além disso, nós mulheres temos despertado um grande potencial e capacidade de incorporar novas tecnologias, desenvolver soluções inovadoras e “pensar fora da caixa” a fim de propor tomadas de decisão mais inteligentes e criativas. E é exatamente sobre todas essas mudanças, capacitação, inovação e conquista de cargos de liderança por parte das mulheres no agro que falaremos na 2ª palestra desta temporada do Agromulher Voice.

No dia 29/09 (quarta-feira), às 19 horas, a Diretora de Manufatura, Logística e Agroindústia da TOTVS, Angela Gheller Telles, conduzirá a palestra “O campo é delas: inovação e liderança no agronegócio”. O evento tem acesso gratuito, diretamente no nosso canal do YouTube.

Veja a seguir alguns pontos que abordaremos sobre esse assunto tão necessário!

A mulher e a conquista do seu espaço

Felizmente, é cada vez mais comum encontrar mulheres ocupando cargos de alta liderança e chegando a lugares de direito, depois de muita luta e persistência. Angela Telles, nossa palestrante do Agromulher Voice, é uma destas mulheres e nos mostra uma visão interessante sobre a conquista das mulheres a esses espaços. Para ela, “as mulheres estão buscando por espaços no mercado de trabalho, assim como capacitação e formação para evoluir e, assim, conquistar os cargos de liderança. E, essa conquista é mais do que benéfica para todos. Uma pesquisa de 2018, da Fundação Getúlio Vargas, mostrou que as mulheres já ocupavam 34% dos cargos gerenciais no agronegócio. É um número baixo quando comparado à presença masculina, porém, também serve de indicativo para uma curva de crescimento e um panorama de maior entrada das mulheres nesse setor”, relata Angela.

E não é à toa que estamos conquistando esses diferentes espaços. Assim como Angela define muito bem, “a mulher é aberta e flexível a ideias novas, trazendo muitos pontos de vista diferentes. A mulher se informa, lê e estuda bastante sobre vários assuntos, o que ajuda na hora de pensar em inovação ou criatividade. Não tem medo de errar e acha que tudo é possível. Não se assusta com impeditivos ou pressão. Do mesmo modo que tem facilidade para falar, também ouve bem, e consegue uma leitura de pessoas e performance. A mulher tem uma leitura ótima do estado emocional de cada pessoa. É transparente com as pessoas, e faz com que este laço de confiança seja forte”.

E é sob esse ponto de vista diferencial do potencial inovador feminino nos cargos de liderança, que Angela apresentará para nós um conteúdo imperdível na palestra que integra a programação do Agromulher Voice.

E para você que ainda está em dúvida se vale a pena ou não participar desta programação riquíssima, leia a seguir a mensagem da própria Angela sobre o evento:

Foto de Angela Gheller“O Agromulher Voice traz conhecimento e experiência de mulheres que já estão nesta jornada de liderança e tecnologia, agregando nas discussões e dúvidas quanto ao desenvolvimento pessoal e profissional. A experiência de outras mulheres é muito importante para entendermos a jornada e como podemos nos planejar e atuar. Excelente a oportunidade de ouvir, falar e trocar ideias com este e com um público com skills diferentes”.

Você não pode perder essa oportunidade para aprender mais sobre inovação e liderança feminina no agro. Aguardamos você, no dia 29/09 às 19 horas, no canal da Agromulher no YouTube!

Sobre a palestrante

Angela Gheller Telles é diretora dos segmentos de Manufatura, Logística e Agroindústria da TOTVS desde janeiro de 2017. Com o desafio de planejar e executar projetos que viabilizem a transformação digital dos clientes, a executiva lidera as demandas por inovação e estimula processos cada vez mais ágeis e flexíveis para atender às necessidades dos setores. Em 2018 assumiu também o segmento de Agroindústria da TOTVS.

A diretora ingressou na unidade de Joinville da companhia, há mais de 10 anos, como gerente de desenvolvimento de produto nas áreas de desenvolvimento, suporte e implantação. Trabalhou na liderança de equipes multidisciplinares, envolvendo especialistas em desenvolvimento de software e negócios. Também atuou por quatro anos como gerente de suporte técnico na TOTVS.

Antes disso, a executiva trabalhou por mais de três anos como coordenadora de sistemas na Logocenter, empresa adquirida pela TOTVS em 2005, onde entrou como programadora e analista de desenvolvimento. A diretora é formada em Processamento de Dados de Software e Aplicativos pela Universidade Estadual de Santa Catarina (UDESC) e possui MBA em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Aguardamos você lá!

Compartilhar.

Sobre o Autor

A Rede Digital AgroMulher nasceu com o propósito de gerar resultados por meio da democratização de informações de qualidade e, assim, promover o crescimento de profissionais ligados ao agronegócio.

Deixe Seu Comentário