Agronegócio e meio ambiente: Uma parceria de sucesso

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

Quais são as suas ações para assegurar que você está contribuindo para preservar o meio ambiente? Pequenas ações valem como resposta e demonstram respeito pelas gerações atuais e futuras, não é mesmo? Muitas pessoas trabalham e têm a preservação do meio ambiente no agronegócio como missão de vida e propósito de carreira. Continue lendo e saiba mais. 

Hoje vamos contar a história da Aline Locks, que é casada e mãe de dois filhos. Formada em Engenharia Ambiental, MBA em agronegócio e, atualmente, é CEO na Produzindo Certo.  Já liderou projetos de tecnologia social como o ‘Conectar para Transformar’, sendo um dos vencedores do “Google Impact Challenge”. Recentemente, Aline foi considerada uma das pessoas mais “Inovadoras pelo Clima” pela revista Época Negócios, e foi listada pela Forbes como uma das “100 Mulheres Poderosas do Agro”.   

A jornada de Aline Locks no agronegócio começou em 2007 por meio da ONG Aliança da Terra. De lá até os dias atuais, Aline mantém seus esforços e sua missão alinhados para continuar conectando a conservação do meio ambiente com a produção agrícola. 

Se a missão é bem clara e definida com objetivos reais e práticos, é bem provável que as coisas fluam em favor da construção de iniciativas que vão mudar os rumos do agro.  Em direção a essa conexão entre o meio ambiente e o agro, Aline ajudou a criar a Plataforma Produzindo Certo, sendo uma solução que mudou a maneira como mais de 6 milhões de hectares de terras são gerenciados. Isso se deu com base na integração de boas práticas agrícolas e pelo empenho para respeitar e valorizar a sociedade e os recursos naturais.  

As ferramentas da empresa unem o melhor da tecnologia com a essência do trabalho de campo, sempre com o objetivo de aproximar produtores e empresas e, assim, promover transformações nas cadeias do agronegócio.  

Com foco no tema “Finanças Verdes”, a Produzindo Certo vem fazendo a diferença no setor. 

Em nossa plataforma, fizemos uma operação para financiar os produtores que estão engajados com esse tema. Essa iniciativa se deu ao percebermos a falta de conhecimento do mercado de capitais em relação ao agronegócio. Há uma dificuldade em achar investidores que de fato valorizem os resultados ambientais. Temos falado com inúmeros fundos, apresentando nosso agro, para que possamos colocar de pé outras operações.”

Aline Locks – cofundadora e CEO na Produzindo Certo 

Segundo o site da empresa, ao se conectar à Produzindo Certo, o produtor terá um diagnóstico claro da situação de sua propriedade e, recebendo orientação técnica de alto nível para adotar as melhores práticas ambientais, poderá abrir suas porteiras para novas oportunidades de negócios com empresas que buscam fornecedores responsáveis, além de se habilitar para linhas de crédito bancário que exigem respeito a diretrizes legais nas áreas sociais e ambientais. 

Agora, quando o assunto é mulher e agronegócio, Aline considera inspiradora a forma como diversas mulheres estão assumindo lideranças e promovendo transformações no agro. Segundo ela, o agro é um setor em que expressamos a nossa vocação de cuidar. 

“Tudo que envolve plantar, colher, criar e preservar, requer cuidado”.  

Outro assunto importante a ser abordado e discutido é sobre o agronegócio brasileiro em si. Infelizmente, o setor ainda é visto como vilão em certos momentos, e cabe a nós profissionais da cadeia atuarmos de forma positiva e pacífica em levar a mensagem do agro para as demais pessoas. “Somos um país produtivo e um dos que mais preserva no mundo, contudo, ainda somos constantemente atacados de forma negativa. A maioria dos nossos produtores rurais estão fazendo a coisa certa – pontua Aline. 

“A ilegalidade no meio rural é uma exceção e não a regra, isso precisa ser comunicado de uma forma melhor.”  

Para finalizar, Aline Locks deixa como mensagem uma frase que a inspira muito e que poderá servir como inspiração para todos nós também: “Quando eu sinto vontade de fazer o bem, não é algo que simplesmente nasce em mim, é uma reação à iniciativa de Deus”. Essa frase me inspira, pois quando olho a realidade desta forma, vejo em tudo um momento de rezar e agradecer a Deus – afirma Aline.  

A Agromulher também acredita que missões de desenvolvimento ambiental podem mudar o agro, e o mundo! 

Você assistiu às palestras do nosso Fórum Digital #AgroSustentável?
Clique aqui para acessar a playlist completa.

Compartilhar.

Sobre o Autor

A Rede Digital AgroMulher nasceu com o propósito de gerar resultados por meio da democratização de informações de qualidade e, assim, promover o crescimento de profissionais ligados ao agronegócio.

Deixe Seu Comentário