Como garantir a segurança do cultivo de frutas e hortaliças?

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

O cultivo de frutas e hortaliças demanda cuidados muito peculiares. A atenção é constante para que as condições de produção sejam as mais favoráveis possíveis. Entretanto, muitas destas condições fogem do controle do produtor, como as climáticas, por exemplo. E aí? O que podemos fazer para garantir a segurança destes cultivos?

Texto: Marluce Corrêa Ribeiro

O Brasil possui condições climáticas favoráveis para a produção de grande variedade de frutas e hortaliças, ao longo de grande parte do ano, por toda extensão de seu território. E esse é um dos motivos que coloca o país em posição de destaque mundial para estes cultivos. Com grande parte da produção destinada ao consumo interno, as frutas e hortaliças produzidas no Brasil vem, em grande parte, de pequenos produtores da agricultura familiar. E é importante lembrar que, tanto para o grande quanto para o pequeno produtor, a agricultura continua dependendo de fatores biológicos, climáticos e de recursos naturais.

Diante deste cenário de grandes incertezas e maior variação e imprevisibilidade do mercado, é preciso que o produtor trace estratégias que permitam uma redução do impacto destes imprevistos em cada etapa da produção.

Mas como é possível garantir maior segurança para esses cultivos? Continue sua leitura e conheça uma importante ferramenta para o produtor voltar a ter um sono mais tranquilo.

Seguro agrícola no cultivo de frutas e hortaliças

Que o seguro agrícola é importante para as culturas anuais, nós já sabemos. Mas você já se perguntou o quanto esse seguro também é importante para as hortaliças e frutas?

Muitas dessas culturas tendem a ser mais sensíveis do que as culturas graníferas (soja, milho, feijão, sorgo…) a alterações climáticas bruscas como geada, chuva em excesso, granizo, entre outros. Além disso, no caso de muitas frutas e hortaliças há uma grande interferência da frequência das chuvas, por exemplo, gerando maior incidência de doenças favorecidas também por essa grande precipitação, entre outros sérios problemas.

Além da sensibilidade comum da maioria das culturas às condições climáticas desfavoráveis, estas culturas chegam até o consumidor, em muitos casos, in natura, o que gera uma maior exigência com a aparência e a qualidade visual daquele produto. Portanto, essa qualidade vem como ponto-chave para a comercialização de frutas e hortaliças. E você já pensou o impacto que uma geada pode causar em frutas próximas do ponto de colheita, por exemplo? Com certeza traria um imenso prejuízo que, inclusive, se estenderia até a pós-colheita.

Frutas e hortaliças: investimento que precisa estar seguro

Outro fator que deve ser levado em conta é o fato de que estas culturas, em sua maioria, possuem alto valor agregado e por isso o produtor merece e precisa estar seguro quanto a esse investimento que fica tão vulnerável a tantas intempéries imprevisíveis e incontroláveis.

Existem diversas formas de garantir a segurança de um cultivo, seja ele de grãos, de frutas ou de hortaliças. A utilização de insumos de qualidade, a atenção aos calendários fitossanitários, o manejo integrado de pragas e doenças, manutenção de máquinas e equipamentos, respeito à janela de plantio da cultura, entre outros. Mas uma poderosa ferramenta que é, por muitas vezes, esquecida pelos produtores, é a possibilidade da contratação de um seguro rural.

Esta ferramenta é extremamente benéfica para a segurança da produção e de todo o investimento realizado naquela atividade. É preciso lembrar que a atividade agrícola, no geral, é uma empresa a céu aberto, que depende de condições climáticas para obtenção dos resultados. Qualquer condição climática que fuja do planejado, pode gerar significativas perdas e prejuízo ao produtor.

Imagine só um cultivo de tomate, por exemplo, que possui alto valor agregado, com investimento alto por hectare, em uma área que sofre uma geada que compromete grande parte de produção? Se você pensar em um produtor desprevenido, com certeza ele estará com um prejuízo considerável e, com razão, desesperado. Já se pensar em um produtor que planejou sua atividade prevendo diversas possibilidades de cenários, avaliou a necessidade de buscar um seguro, e optou por essa contratação, com certeza ele tem uma maior tranquilidade ao pensar que sua área está assegurada e que os prejuízos da geada não serão tão grandes.

Entende por que o seguro é tão importante? Consegue identificar o seguro como uma ferramenta importantíssima para garantir um cultivo mais seguro também para frutas e hortaliças? Quer entender como funciona o seguro para essa categoria de cultivos e como você pode acessar a cada uma das modalidades? Não perca a chance de acessar o conteúdo completo da cartilha sobre seguro agrícola para frutas e hortaliças disponibilizada pela It’sSeg, clicando aqui. Fiquem ligados!

Sobre a It’sSeg

A It’sSeg é uma corretora de seguros independente e brasileira, que busca trazer soluções de uma forma inteligente e alinhada a natureza de cada cliente. A empresa trabalha para trazer uma contribuição real para os negócios e para as pessoas.

A proposta da It’sSeg é ser um elo de conexão e segurança no ecossistema do agronegócio, promovendo bons negócios. Com o objetivo de facilitar o acesso e entendimento sobre seguros, do pequeno produtor à grande indústria e cooperativa. Para mostrar que seguro não é um custo, e sim uma segurança e investimento futuro para o seu negócio.

Conheça a It’sSeg, seus produtos e benefícios acessando o site ou as redes sociais da empresa. Quer entender melhor sobre o ramo dos seguros e como esse setor está diretamente ligado ao agronegócio? Acompanhe o conteúdo desta parceria entre Agromulher e It’sSeg e fique bem informada.

Compartilhar.

Sobre o Autor

A Rede Digital AgroMulher nasceu com o propósito de gerar resultados por meio da democratização de informações de qualidade e, assim, promover o crescimento de profissionais ligados ao agronegócio.

Deixe Seu Comentário